Benefícios da atividade física para os idosos




Envelhecimento e aumento da expectativa de vida

O envelhecimento populacional tem sido uma preocupação constante dos órgãos de saúde pública dos países desenvolvidos e em desenvolvimento.

A população mundial de idosos cresceu a uma taxa de 2,4% ao ano durante a última década, particularmente o grupo com 85 ou mais anos de idade. O crescimento dessa população vem ocorrendo de forma acelerada e em condições sócio-econômicas e culturais desfavoráveis e que trazem impactos negativos para a qualidade de vida do indivíduo idoso, para a família e para o Sistema Único de Saúde (SUS).

As estimativas para a população idosa brasileira apontam que o país, em duas décadas, teremos 32 milhões de pessoas com idade superior a 60 anos, sendo o sexto país com o maior contingente de idosos no mundo.

Sedentarismo na velhice

É notável que muitos idosos se entreguem a inatividade funcional participativa e integradora na sociedade após a aposentadoria e reforçados por fatores preconceituosos impostos pelo meio em que vivem o que pode representar um prejuízo à saúde mental e física desse individuo, além de constituir-se um fator de risco para o declínio cognitivo e para demência.

O sedentarismo na velhice é fator preocupante, pois se percebe que idosos que não têm estilo de vida ativo enfrentam problemas patológicos relacionados à inatividade física e à exclusão social.

Nessa perspectiva exercício físico atrai muita atenção, por melhorar a condição cardiorrespiratória, diminuir o risco de doenças crônico-degenerativas, além de promover uma série de alterações nos sistemas orgânicos.

Benefícios da atividade física para os idosos

A atividade física é reconhecida por evidências científicas como fator importante no aprimoramento da saúde, no controle, prevenção e tratamento de doenças, além de proporcionar diversos benefícios psicológicos e sociais.

Para a Organização Mundial de Saúde – OMS, a participação em atividades físicas leves e moderadas pode retardar os declínios funcionais devidos ao envelhecimento. Assim, uma vida ativa melhora tanto a saúde física, quanto mental e contribui para o controle de desordens como a depressão e a demência.

Especialistas preconizam a prática de exercícios físicos regulares como fator determinante no aumento da expectativa de vida das pessoas e uma melhoria significante da qualidade de vida.

Exercícios de treinamento de força tem resultado no aumento do volume e força dos músculos. Estudos têm mostrado que sob estímulos de treinamento adequado, homens e mulheres idosas tiveram semelhante ganho, ou até maiores, comparados com indivíduos jovens.

Dicas, cuidados e recomendações


- Os músculos dos idosos possuem menos flexibilidade e menos tecido que participa da contração muscular, em comparação com indivíduos mais jovens.

- Pessoas mais idosas que treinam regularmente devem ter uma dieta balanceada e incrementada com proteínas que favorecem um bom desempenho muscular.

- Antes de iniciar um programa de atividades físicas consulte profissionais de saúde (médico, fisioterapeuta, educador físico, nutricionista e outros) para estabelecer o programa ideal.

- Beba água regularmente para evitar desidratação.

- Use equipamentos adequados para a prática (tênis confortável, roupas leves, boné, protetor solar, etc.).

- Não pule as etapas de seu treinamento, siga o passo-a-passo estabelecido afim e conseguir bons resultados e evitar condições desagradáveis.

- Para conseguir resultados é necessário uma rotina de pelo menos 2 vezes por semana por períodos de aproximadamente 30 a 60 minutos.

- Dieta balanceada e repouso adequado ajudam em seu processo saudável.

- E finalmente, lembre-se que nunca é tarde para começar, se é hoje é sexta, não deixe para começar na segunda. Com o passar do tempo, os resultado aparecerão e o farão bem mais feliz, saudável e ativo.

7 Responses to Benefícios da atividade física para os idosos

  1. Luciana says:

    Ótima matéria amiga. Gostaria muito de conseguir levar meus pais a fazerem alguma atividade, mas são tãor essitentes e logo abortam a idéia.Uma pena. Beijocas

  2. Milca says:

    Fiz uma prova sobre esse assunto ontem. Adoro as suas matérias.

  3. Oi Lú, realmente é muito difícil convencer pessoas que nunca praticaram atividade física na vida a começarem um programa de exercícios, mas se vence pelo cansaço né. Sugiro que você continue falando com eles a respeito, conheço muita gente que começaram depois de um grande empurrão dos filhos e/ou amigos.

    bjos

  4. Milca, obrigada pelo seu carinho. E que bom bom que gosta de nos ler :)

    Você estuda educação física ou é outra area de saúde?

    bjos

  5. Luciana says:

    Oi Vãnia, que bom que gostou do texto. Um beijo grande

  6. Gostaria de saber mais sobre a qualiadde de vida do idoso, pois estou fazendo o meu projeto de monografia em cima da perspectiva de qualidade de vida que os idosos tem..beijos aguardo respostas sobre esse tema, pois a longevidade me fascina.

  7. Carlina, você pode acessar essse link (que já é um dos meus artigos) e encontrar mais outros artigos científicos publicados, são todos voltados para o idoso.
    http://www.efdeportes.com/efd139/efeitos-de-danca-terapeutica-sobre-idosos.htm

    Abraços,
    Vânia

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>